Candidato

Prefeito de Canhotinho cancela festa após recomendação do MPPE

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 14/09/2016 às 9:48
NOTÍCIA
Leitura:

Canhotinho comemora emancipação política no dia 2 de outubro; festa seria no dia 29
Foto: Canhotinho FM
O prefeito de Canhotinho, no Agreste de Pernambuco, Felipe Porto (DEM) decidiu cancelar a festa em comemoração à emancipação política do município, após recomendação do Ministério Público de Pernambuco (MPPE). A festa estava marcada para o dia 29 de setembro, três dias antes da eleição na qual Porto é candidato à reeleição.

Em conversa por telefone com o NE10 Interior, o prefeito disse que vai acompanhar a recomendação. "O promotor pede que não faça o evento, considerando que teria desigualdade no pleito", afirma. Ainda de acordo com Felipe Porto, o município não terá prejuízos com o cancelamento, uma vez que a festa ainda estava sendo organizada.

Na decisão publicada no Diário Oficial do município no último sábado (10), o promotor de Justiça Romualdo Siqueira França, da 53º zona eleitoral, recomenda que o prefeito cancele a festa e não realize despesas ou utilize recursos públicos na realização de eventos semelhantes. De acordo com França, programar festas próximas ao dia 2 de outubro pode caracterizar abuso de poder político ou econômico e propiciar desigualdade no pleito. 

A conduta poderia ainda acarretar em multa e na cassação do registro de candidatura do candidato. O promotor também alega que não haverá disponibilidade de efetivo da polícia para garantir a segurança da festa, já que os policiais estão com a demanda do período eleitoral.

Mais Lidas