Bairro Jucá

Moradores denunciam restos de cemitérios jogados em terreno em Gravatá

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 19/09/2016 às 15:39
NOTÍCIA
Leitura:

Entre os entulhos jogados em um terreno supostamente por uma caçamba da prefeitura, foram encontrados restos de caixões, ossos e flores
Foto: reprodução/TV Jornal
Moradores do bairro Jucá, em Gravatá, no Agreste de Pernambuco, denunciaram que materiais retirados do cemitério da cidade seriam utilizados para aterrar uma rua na área. Entre os entulhos jogados em um terreno supostamente por uma caçamba da prefeitura, foram encontrados restos de caixões, ossos e flores.

Veja na reportagem do "Povo na TV", da TV Jornal no interior:



Em nota enviada à TV Jornal, a Prefeitura de Gravatá informou que restos de cemitério não foram utilizados "sob nenhuma hipótese". A nota diz ainda que a prefeitura fez a coleta de entulhos e restos de construção de vários pontos da cidade, que foram destinados à Rua Raul Bezerra da Silva.

"Neste local, por conta da elevada depressão do solo, nunca havia passado veículos por lá. Com a colocação dos entulhos, que mais uma vez repetimos, não são de cemitério, a rua foi aberta e receberá ainda, uma camada de piçarro, tendo a partir de agora, condições de ficar em pleno funcionamento e mobilidade", diz a nota. 

Sobre o cemitério, a prefeitura disse que está sendo revitalizado, com reformas do muro, pintura, e outros serviços, em preparação para o dia de Finados (2 de novembro).

Mais Lidas