Hospital

Polícia investiga suspeito de exercer medicina ilegalmente em Caruaru

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 30/09/2016 às 8:58
NOTÍCIA
Leitura:

Suspeito teria tentado transferir paciente de Cupira para o HMV, em Caruaru
Foto: reprodução/TV Jornal
Um homem foi detido nessa quinta-feira (29) em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, suspeito de exercer a medicina ilegalmente. Mário de Almeida Torolo, 35 anos, teria sido descoberto após tentar transferir um paciente de Cupira para o Hospital Mestre Vitalino (HMV).

De acordo com a assessoria de imprensa da unidade de saúde, foi constatado que o nome do profissional não constava no registro do Conselho Regional de Medicina (Cremepe). A segurança do hospital foi acionada e o homem - que não tem ligação com o HMV - foi levado para a delegacia.

No local, a Polícia Civil identificou que o suposto médico teria apresentado documentos no nome de André Luiz de Oliveira. Mário de Almeida foi autuado por exercer a profissão de médico sem autorização legal e uso de identidade falsa para obter vantagem.

De acordo com a polícia, Mário de Almeida foi ouvido e liberado após pagamento de fiança. Ele vai responder aos crimes em liberdade e o caso segue sendo investigado.

Segundo o Sindicato dos Médicos de Pernambuco, o suspeito teria se formado na Bolívia, mas não estaria habilitado para a prática na profissão, uma vez que teria sido reprovado no exame de revalidação de diplomas expedidos por instituições de ensino estrangeiras.

Mais Lidas