Disparo acidental

"Um fato que abalou a todos", diz delegado sobre morte de criança em Caruaru

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 04/10/2016 às 16:11
NOTÍCIA
Leitura:

Delegado Luiz Bernardo fala sobre continuação das investigações do caso
Foto: reprodução/TV Jornal
O delegado Luiz Bernardo, que investiga a morte de uma menina de 10 anos em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, disse nesta terça-feira (4) que o fato abalou a todos, inclusive aos policiais que estavam na ocorrência.

"É um fato que abalou a todos, familiares e até mesmo os próprios policiais que estavam no local", afirmou, em entrevista à TV Jornal.

De acordo com familiares, um menino de oito anos teria encontrado uma espingarda calibre 12 dentro de um armário e atirado acidentalmente na irmã. Ela não resistiu.

A suspeita é de que a arma pertença ao tio das crianças, que é policial militar. Ele já prestou depoimento e nega a informação. As investigações seguem para verificar a responsabilidade do PM no caso. Um vizinho, que foi o primeiro a chegar no local após o disparo, também foi ouvido.

Veja na reportagem do "TV Jornal Meio-Dia", da TV Jornal no interior:

Mais Lidas