Laudo

Bebê encontrado no aterro sanitário de Caruaru levou pancada antes de morrer

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 01/11/2016 às 9:14
NOTÍCIA
Leitura:

Corpo de recém-nascido foi encontrado durante a madrugada do dia 7 de outubro no aterro sanitário de Caruaru
Foto: reprodução/TV Jornal
O recém-nascido que foi encontrado morto no início de outubro no aterro sanitário de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, levou uma pancada na cabeça antes de morrer. É o que diz o laudo do Instituto de Medicina Legal (IML) que foi entregue à polícia para dar prosseguimento às investigações.

À TV Jornal, o delegado Francisco Souto Maior disse que a criança teria sido morta de forma violenta, com o uso de um objeto contundente, antes de ser deixada no aterro. O corpo chegou a ser danificado por cachorros que estavam no local.

Ainda de acordo com o delegado, a morte teria acontecido horas após o parto e a suspeita de cometer o crime seria a mãe da criança, com a ajuda de outra pessoa. Até o momento, ninguém foi identificado.

Caso chocou a cidade

O corpo do recém-nascido foi localizado na madrugada do dia 7 de outubro no aterro sanitário, no Sítio Capim, em Caruaru. A criança do sexo masculino ainda estava com o cordão umbilical.

Um casal que mora nas proximidades foi quem encontrou o cadáver, ao perceber a agitação de cachorros ao redor. Segundo relatos das testemunhas, os animais estavam agitados e chegaram a arrancar membros do bebê.

Mais Lidas