Força-tarefa

Disque-Denúncia oferece até R$ 2 mil por informações sobre quadrilhas de roubo a bancos

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 08/11/2016 às 14:19
NOTÍCIA
Leitura:

Delegado Ariosto Esteves; tenente-coronel Galindo, coordenador do Disque-Denúncia Agreste, Alexandre César, e delegado Bruno Vital participaram da coletiva
Foto: reprodução/TV Jornal
O Disque-Denúncia Agreste oferece até R$ 2 mil para as pessoas que repassarem informações sobre quadrilhas especializadas em roubos e furtos a bancos.

Em Sertânia, bandidos usaram explosivos, mas não conseguiram acessar cofre
Foto: divulgação/Polícia Militar
De acordo com o coordenador do Disque-Denúncia Agreste, Alexandre César, a recompensa deve estimular pessoas fazer denúncias, "tanto de pessoas envolvidas com quadrilhas, como de armas utilizadas nas ações e localização de explosivos utilizados nas ações criminosas", afirmou. Os telefones são: (81) 3719-4545 (Interior) e (81) 3421-9595 (Recife).

Após roubos e furtos a bancos tornarem-se rotina em Pernambuco, o Governo do Estado designou equipes para combater este tipo de crime, principalmente no interior do Estado.

De acordo com o delegado Bruno Vital, serão sete equipes atuando: três na capital e Zona da Mata; duas no Agreste e duas no Sertão. Vital e o delegado Ariosto Esteves são os responsáveis pelas equipes do Agreste.

"São duas equipes que vêm das especializadas de homicídios, têm uma certa experiência com investigação. Desta vez, com o suporte de várias especializadas, da Polícia Civil e da Polícia Militar", afirmou Bruno Vital, citando Depatri, Core e GOEC, da Civil, e Ciods e Bepi, da Militar.

Segundo o delegado Ariosto Esteves, as quadrilhas são interestaduais e utilizam armamento militar, utilizado pelas forças policiais. "Acaba dando uma ideia de poder de fogo muito grande, mas que será combatido", garante.

O comandante do 4º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Roberto Galindo, afirmou que a PM também participa da troca de informações com a força-tarefa. "Nós estamos interagindo com nossos serviços de inteligência e participando de reuniões onde nós debatemos as nossas ações", disse.

Os detalhes sobre a força-tarefa foram apresentados nesta terça-feira (8), em coletiva de imprensa na Delegacia Seccional de Caruaru, no bairro Boa Vista.

Veja na reportagem do "TV Jornal Meio-Dia", da TV Jornal no interior:

Tentativa de roubo em Sertânia

A última investida registrada em Pernambuco aconteceu na madrugada dessa segunda-feira (7) em Sertânia, no Sertão. De acordo com a Polícia Militar, cerca de 15 homens armados utilizaram explosivos mas não conseguiram abrir o cofre-forte da agência do Banco do Brasil, que fica no centro da cidade. Os bandidos também fizeram reféns no local. Após a tentativa frustrada, os homens fugiram e ainda não foram localizados.

Mais Lidas