Violência

População de Santa Cruz do Capibaribe pede segurança em protesto

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 22/11/2016 às 12:03
NOTÍCIA
Leitura:

Cartaz questiona ausência do governador Paulo Câmara em Santa Cruz do Capibaribe
Foto: Heverton Moura/cortesia
Pessoas de diversos setores da sociedade civil realizam um protesto nesta terça-feira (22) pedindo por segurança em Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste de Pernambuco. A população reclama do alto número de homicídios e assaltos registrados na cidade este ano.

De acordo com o pastor Lucas Evangelista, um dos organizadores, o ato começou na Câmara dos Vereadores, onde as pessoas participaram de uma sessão. Em seguida, o grupo segue para a prefeitura da cidade e para a sede do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) em Santa Cruz do Capibaribe. "A cidade inteira está com medo, sendo refém da bandidagem em toda parte", lamenta.

O grupo, que inclui membros da Igreja Congregacional, empresários, mototaxistas entre outros setores da sociedade civil, cobra uma posição concreta das autoridades sobre a questão da segurança. As principais críticas são direcionadas ao governador Paulo Câmara (PSB). Um dos cartazes do protesto questiona: "Por que o governador não veio?" e responde: "para não ser assaltado!".

Mais Lidas