Comando Presente

Comércio recebe reforço na segurança para fim do ano em Caruaru

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 23/11/2016 às 15:58
NOTÍCIA
Leitura:

Ações foram anunciadas nesta quarta durante reunião do Comando Presente
Foto: divulgação/Comando Presente
O Comando Presente realizou nesta quarta-feira (23) uma reunião na sede do Sindloja, em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, para apresentar as ações de segurança e o planejamento estratégico que serão implantados no comércio do centro da cidade e no Parque 18 de Maio, especialmente para as Feiras da Sulanca de fim de ano. 

Uma das medidas é o "Cinturão da Segurança", atuação conjunta das polícias Civil, Militar e Rodoviária Federal na área do Polo de Confecções do Agreste. Além disso, o Comando Presente cedeu rádios comunicadores (HTs) para o efetivo da PM e faz o custeio da alimentação dos policiais do centro da cidade.

O efetivo da polícia no comércio do centro e na Feira da Sulanca será reforçado, e a área também contará com o apoio do helicóptero da PRF. As ações são financiadas pelas entidades do setor empresarial e instituições ligadas aos feirantes que compõem o Comando Presente.

Comando Presente cedeu rádios comunicadores para a PM
Foto: divulgação/Comando Presente
O Comando Presente completa um ano este mês e é uma parceria entre entidades e associações representativas de classes, órgãos de segurança, poder público e sociedade civil, com a proposta de colaborar com os órgãos de segurança no combate à criminalidade.

De acordo com a Polícia Militar, o trabalho de prevenção começa na noite do domingo, quando policiais fazem rondas no Parque 18 de Maio e no centro, além das rodovias que dão acesso a Caruaru, principalmente na BR-232 e na BR-104, em parceria com a PRF.

Insegurança é obstáculo

Uma pesquisa realizada pelo Sindloja Caruaru revelou que a falta de segurança pública foi apontada por 35% dos entrevistados como principal problema enfrentado pelos lojistas, seguido por estacionamento (17%) e infraestrutura (15%). O levantamento foi feito em parceria com a Simplex Consultoria, entre os dias 18 e 19 de novembro, e ouviu 100 lojistas no centro e no Parque 18 de Maio.

Mais Lidas