Polícia Civil

Maiores de idade são suspeitos de ordenar mortes na Funase de Caruaru

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 06/12/2016 às 16:32
NOTÍCIA
Leitura:

Delegados Bruno Vital e Francisco Souto Maior apresentaram resultado das investigações
Foto: reprodução/TV Jornal
Três internos da Funase de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, que são maiores de idade, teriam ordenado que 12 adolescentes matassem os sete internos na rebelião registrada há pouco mais de um mês. O trio assumiu uma posição de comando dentro da unidade e praticou outros delitos na Funase, de acordo com a Polícia Civil.

Os mandantes - que cumprem medida sócio-educativa por atos infracionais praticados quando eram adolescentes - podem ser condenados por homicídio triplamente qualificado, sete crimes hediondos, quatro tentativas de homicídio, corrupção de menores e associação criminosa.

De acordo com o delegado responsável pelas investigações, Francisco Souto Maior, foi pedida a prisão preventiva dos suspeitos, assim como a imediata retirada deles da Funase. Já os menores envolvidos na execução dos crimes devem responder pelos atos infracionais praticados.

Veja na reportagem do "Povo na TV", da TV Jornal no interior:

Mais Lidas