MPPE

Prefeito de Palmares é afastado suspeito de improbidade administrativa

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 06/12/2016 às 9:56
NOTÍCIA
Leitura:

Prefeito de Palmares foi afastado nesta terça-feira (6) dentro de operação
Foto: divulgação
O prefeito de Palmares, na Zona da Mata Sul, João Bezerra Cavalcante Filho, foi afastado nesta terça-feira (6) suspeito de improbidade administrativa. O afastamento foi dentro da operação "Apito Final", deflagrada pelo Ministério Público de Pernambuco (MPPE) em conjunto com a Polícia Civil. Ainda cabe recurso.

De acordo com o promotor Frederico Guilherme, que participou do trabalho operacional, foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão, em prédios da prefeitura e em empresas com suspeitas de atividades irregulares relacionadas à limpeza urbana no município. Documentos e computadores foram apreendidos; não houve prisões.

Ainda segundo o promotor, foram dadas várias oportunidades para o prefeito regularizar a situação, por meio de recomendações e ações civis públicas. Além de João Bezerra, foram afastados o secretário de Infraestrutura e uma servidora pública que tratava das licitações.

Em entrevista à Rádio Jornal Caruaru, o promotor de Justiça João Paulo Pedrosa, que propõs a ação civil pública, disse que houve irregularidades para a contratação de uma determinada empresa, quando o serviço de limpeza urbana não era realizado pela empresa contratada pela prefeitura. Os sócios das empresas também são réus na ação de improbidade; uma delas fica em Palmares e a outra em Rio Formoso.

A reportagem tentou entrar em contato com o prefeito, mas não obteve retorno.

Mais Lidas