Balanço

Secretaria de Saúde de Caruaru investiu R$ 50 mi no 2º quadrimestre

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 15/12/2016 às 9:29
NOTÍCIA
Leitura:

Audiência pública foi realizada na Câmara de Vereadores de Caruaru
Foto: divulgação/Prefeitura de Caruaru
A Secretaria de Saúde de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, realizou na noite dessa quinta-feira (14) a 10ª audiência pública para prestar contas à população dos recursos recebidos e aplicados no município no 2º quadrimestre de 2016. De acordo com a secretaria, foram injetados mais de R$ 50 milhões na saúde, neste período. O valor representa pouco mais de 24% do investimento na área, que contou ainda com recursos dos governos estadual e federal.

O evento foi realizado na Câmara de Vereadores e contou com a presença da secretária de Saúde, Aparecida Souza; da secretária Executiva da Saúde, Wedneide Almeida; da diretora da Atenção Especializada, Ana Elizabete; da diretora da Atenção Básica, Edilene Chaves; de representantes do Conselho de Saúde do município; do secretário de Governo, Rui Lira; além da sociedade civil. Além da audiência pública, foi realizada na mesma noite a reunião ordinária do Conselho Municipal de Saúde.

Na audiência, a Secretaria de Saúde revelou que entre os meses de maio, junho, julho e agosto, o investimento foi aplicado em 68 PSFs, quatro Centros de Saúde, 21 unidades de assistência especializada, três unidades de assistência pré-hospitalar e seis unidades de assistência hospitalar. Ainda segundo a pasta, a Estratégia de Saúde da Família realizou mais de 127 mil atendimentos, dos quais 8.808 foram acompanhamentos a hipertensos e 2.781 a diabéticos. Os Agentes Comunitários de Saúde realizaram mais de 88 mil de visitas domiciliares.

Ainda de acordo com a secretaria, neste período foram mais de 36 mil consultas médicas realizadas na Atenção Especializada, principalmente nas áreas de oftalmologia, dermatologia e neurologia. Foram realizados ainda mais de 260 mil exames para apoio ao diagnóstico. O Samu recebeu mais de 35 mil chamadas. A policlínica do bairro do Salgado atendeu mais de 143 mil pessoas. Na UPA do Vassoural, foram mais de 155 mil atendimentos. Dos partos realizados na Maternidade Casa de Saúde Bom Jesus, 63% foram normais e 37% cirúrgicos.

Veja na reportagem do "TV Jornal Manhã", da TV Jornal no interior:

Mais Lidas