Comissão Executiva

Eleição para a presidência da Câmara de Caruaru tem três candidatos

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 01/01/2017 às 6:02
NOTÍCIA
Leitura:

Câmara de Vereadores de Caruaru vai para 17ª legislatura
Foto: divulgação/Victor Vargas/AscomCâmara
A eleição da Comissão Executiva para o biênio 2017/2018 da Câmara Municipal de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, será realizada neste domingo (1º), às 16h, antes da cerimônia de posse da prefeita eleita, Raquel Lyra (PSDB), e do vice-prefeito eleito, Rodrigo Pinheiro (PSDB). Esta será a primeira vez que a eleição será por meio do voto aberto, após a aprovação do projeto de autoria do vereador reeleito Marcelo Gomes (PSB), em novembro deste ano, que aboliu o voto secreto. A 17ª legislatura contará com 23 vereadores, dos quais 13 nunca tinham sido eleitos para a Casa.

Ao todo são sete cargos na Comissão Executiva: presidente, 1º vice-presidente, 2º vice-presidente, 1º secretário, 2º secretário, 3º secretário e 4º secretário. Caso haja empate, os dois candidatos à presidência mais votados passam por uma nova votação. "Foi questionado se haveria a possibilidade de que depois da primeira votação, houvesse um prazo para a segunda eleição, mas é inviável do ponto de vista jurídico, político e social", alegou o assessor jurídico da Câmara, Bruno Martins. A posse da prefeita eleita só é possível após a eleição do presidente da Câmara, por exemplo.

Quem preside a sessão solene de posse dos vereadores eleitos, a primeira da 17ª legislatura, é o vereador mais votado, Edmilson do Salgado (PCdoB), que obteve mais de 4,8 mil votos. Na sessão, o vereador Leonardo Chaves (PDT) ficará provisoriamente na primeira secretaria e o vereador Ricardo Liberato (PDT), na segunda. Leonardo Chaves fará a verificação dos diplomas eleitorais e das declarações de bens dos vereadores eleitos. Em seguida, será lido o "Compromisso de Posse", ao que os vereadores, ao serem chamados em ordem alfabética, responderão: "Assim prometo", encerrando o rito de posse e dando início à eleição da Comissão Executiva.

Leonardo Chaves (PDT) encerrou 7º mandato na presidência e deve se candidatar novamente
Foto: reprodução/TV Jornal
Os pré-candidatos à presidência são o atual presidente, Leonardo Chaves (PDT), Lula Torres (PDT) e Alberes Lopes (PRP). Leonardo Chaves (PDT) encerrou, nesse sábado (30), o sétimo mandato como presidente da Câmara de Caruaru; ele já foi eleito vereador 11 vezes. "Nós temos um grupo de vereadores que estão comigo, Lula tem um grupo que está com ele, menor do que o meu. A gente está conversando para ver como vai chegar no dia, se vão chegar os três grupos ou se vão chegar dois", afirmou, lembrando que ele e Lula Torres são da situação, enquanto Alberes Lopes seria o candidato da oposição.

O vereador Lula Torres (PDT) vai para o sétimo mandato na Casa e acredita que tanto a cidade como o País estão passando por uma fase de mudanças e transformações. "Acho que me encaixo muito bem neste perfil, acho que temos que modificar o sistema de como se administra o público, este modelo está falido. Me sinto capacitado e preparado para ajudar nessas mudanças", disse Lula Torres, acrescentando que quer aproximar a Câmara da população. Lula Torres já tentou ser presidente da Casa em 2012, mas acabou retirando a candidatura após um acordo do grupo político, para não correr o risco de perder para a oposição.

Apesar de novato na Câmara de Caruaru, Alberes Lopes (PRP) exerceu dois mandatos como vereador em Ibirajuba, também no Agreste, cidade em que nasceu. Ele foi presidente da Câmara de Ibirajuba por duas vezes (2008-2010 e 2010-2012). Atualmente, atua como presidente do Sindicato dos Lojistas de Caruaru (Sindloja). "A gente não é candidato de si próprio, é um grupo que está querendo que a gente faça uma renovação e estamos à disposição. Estamos conversando com todos, é um momento de diálogo", afirma. Para Alberes, com o quadro renovado a Câmara começará o mandato com credibilidade.

Posse da prefeita

Após a divulgação do resultado, o presidente eleito da Câmara de Vereadores convida a prefeita eleita e o vice-prefeito para apresentar as declarações de bens e os respectivos diplomas eleitorais ao primeiro secretário eleito, quando Raquel Lyra e Rodrigo Pinheiro prestarão o "Compromisso de Posse". O presidente da Câmara passa a palavra para a prefeita, que encerra a sessão solene.

Mais Lidas