Acidente

Menino de 4 anos morre após disparar arma do pai em Sertânia

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 06/01/2017 às 8:16
NOTÍCIA
Leitura:

Criança foi levada inicialmente para o Hospital Regional de Arcoverde, no Sertão
Foto: divulgação/SES
Um menino de quatro anos morreu nessa quinta-feira (5) após supostamente disparar a arma do pai, que é policial civil, em direção à própria cabeça em Sertânia, no Sertão de Pernambuco.

De acordo com a Polícia Militar, o pai da criança disse que o filho estava brincando no quarto quando teria encontrado a arma e atirado acidentalmente na própria cabeça. Ainda segundo a polícia, a pistola calibre .40 estava em cima de um guarda-roupa; a criança pegou um banco e acessou a arma.

O menino foi levado para o Hospital Regional de Arcoverde, também no Sertão, e seria transferido para o Hospital Regional do Agreste, em Caruaru, mas teve uma piora no quadro na altura de Pesqueira. A criança deu entrada no Hospital Dr. Líbio Paraíba, no município, já morta. De acordo com a unidade de saúde, houve tentativas de reanimação, mas o menino não resistiu.

Investigação

Policiais militares estiveram na residência da família e apreenderam a arma, uma pistola calibre .40, com 12 cartuchos. Segundo o pai da criança, a arma pertence à Polícia Civil de Sergipe, onde ele trabalha. O caso foi registrado na Delegacia de Plantão de Arcoverde e deverá ser investigado pela Delegacia de Sertânia. De acordo com a Polícia Civil, foi instaurado um inquérito para apurar a responsabilidade do pai no fato.

Mais Lidas