Operação

Quadrilha que atuava no Alto do Moura, em Caruaru, é desarticulada

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 18/01/2017 às 8:53
NOTÍCIA
Leitura:

No dia 7 de janeiro, moradores fizeram protesto pedindo segurança no Alto do Moura
Foto: Estéfane Hermano/TV Jornal Caruaru
Dez pessoas foram presas na manhã desta quarta-feira (18) e na noite de terça (17) suspeitas de integrar uma quadrilha que atuava no Alto do Moura, em Caruaru, no Agreste de Pernambuco.

De acordo com a Polícia Militar, a operação começou no Distrito de Taquara, em Caruaru, onde três pessoas foram presas, seguiu para o município de Arcoverde, no Sertão, onde houve cinco presos, e terminou em Serra Talhada, também no Sertão, onde outras duas pessoas foram presas, entre elas um policial militar.

No total, foram apreendidos quatro veículos, dois deles roubados, um clonado e uma moto, que eram utilizados para praticar os crimes. A operação também apreendeu três armas de fogo, uma delas utilizada em uma negociação, alvo de receptação cometida pelo policial militar preso. Os materiais apreendidos foram levados para a Delegacia de Caruaru para os procedimentos cabíveis.

Ainda segundo a PM, as investigações foram feitas com o apoio do Núcleo de Inteligência Agreste (NIA). O comandante do 4º BPM, tenente-coronel Ely Jobson, também destacou a participação e colaboração da sociedade no enfrentamento à criminalidade.

Clamor por segurança

No dia 7 de janeiro, moradores do Alto do Moura realizaram um protesto no pórtico de entrada do bairro para pedir por segurança na área. Em seguida, uma reunião foi realizada entre moradores e representantes da Polícia Militar, para discutir os problemas de segurança e dificuldades enfrentadas. De acordo com a polícia, o policiamento foi reforçado após o encontro.

Mais Lidas