Construção coletiva

Fórum "Juntos pela Segurança" é realizado em Caruaru

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 19/01/2017 às 9:08
NOTÍCIA
Leitura:

Câmaras temáticas foram apresentadas na última reunião, no Fórum Demóstenes Veras
Foto: Arnaldo Félix/divulgação/Prefeitura de Caruaru
O plano Juntos pela Segurança é discutido nesta quinta-feira (19) em um fórum municipal de construção coletiva no Centro de Convenções do Senac Caruaru, no Agreste de Pernambuco. Participam do evento a sociedade civil organizada, entidades de classe, universidades, líderes comunitários, órgãos ligados à segurança pública, entre outros.

As câmaras de discussões são divididas nos temas Direitos Humanos; Ordem Pública, Esportes, Lazer e Cultura; Sistema de Justiça Criminal e Segurança Pública; Saúde e Drogas; Educação; e Desenvolvimento Urbano. A abertura do encontro é feita pela cientista política Ana Maria Barros, com uma palestra sobre segurança pública. O evento começa nesta manhã e segue até 18h, com intervalo de almoço.

Os cidadãos podem participar individualmente com sugestões através do site do Juntos Pela Segurança. As câmaras temáticas foram apresentadas na última reunião no Fórum Demóstenes Veras.

De acordo com a prefeitura, o Juntos Pela Segurança é um plano de participação popular que consolidará uma política pública voltada para a definição do papel do município na contribuição da preservação da ordem pública, além de desenvolver a responsabilidade cidadã da comunidade e assumir compromissos com os órgãos responsáveis constitucionalmente pela segurança pública.

Cidade violenta

Desde o início do ano, já foram registrados 11 homicídios em Caruaru. Dados da Secretaria de Defesa Social (SDS) revelam que em 2016 foram registrados 225 crimes violentos letais intencionais (homicídio, latrocínio e lesão corporal seguida de morte) em Caruaru. Já com relação a crimes violentos contra o patrimônio, foram 7.591 ocorrências de roubo, extorsão com restrição de liberdade da vítima e roubo com restrição da liberddade da vítima.

Veja a entrevista com o secretário de Ordem Pública, coronel Luis Aureliano, exibida na noite dessa quarta (18) no "TV Jornal Notícias", da TV Jornal Interior:

Mais Lidas