Clima

Chuvas e vento provocam transtornos em Serra Talhada

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 01/02/2017 às 11:23
NOTÍCIA
Leitura:

Teto de gesso de loja cedeu na Avenida João Gomes de Lucena
Foto: Magno Costa/WhatsApp Pajeú Web TV
As chuvas moderadas que caíram nessa terça-feira (31) em Serra Talhada, no Sertão de Pernambuco, provocaram transtornos para os moradores. Os ventos fizeram com que uma árvore caísse no bairro Ipsep. Já a água provocou alagamentos em residências no bairro AABB.

Na Avenida João Gomes de Lucena, o teto de gesso de uma loja de rolamentos cedeu. De acordo com o proprietário, cerca de 90% do teto foi danificado. Além disto, o gesso danificou um notebook, uma impressora, um ventilador, entre outros equipamentos.

Uma árvore caiu no bairro Ipsep
Foto: reprodução/Blog do Luiz Carlos
De acordo com a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), foram registrados 23 mm de precipitações na cidade, das 9h da terça até às 9h desta quarta-feira (1º). Esta foi a maior chuva do dia, segundo o boletim pluviométrico diário da agência. "A chuva é normal para esta época do ano no Sertão", afirma o meteorologista da Apac Romilson Ferreira. Segundo ele, janeiro/fevereiro/março é o período chuvoso na região.

Chuvas devem continuar

Ainda de acordo com a Apac, a instabilidade na formação das chuvas é o que provoca maior força nos ventos. Além de Serra Talhada, foram registradas chuvas em Custódia e São José do Belmonte. A previsão é de que continue chovendo nos próximos dias, nesta quarta e quinta, com pancadas de chuva fraca ou moderada, principalmente à tarde e à noite.

Mais Lidas