São Benedito do Sul

Suspeitos de matar sargento da Casa Militar são presos no Agreste de PE

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 24/02/2017 às 9:08
NOTÍCIA
Leitura:

Homens estavam com diversas armas, munições, celulares, relógios, dinheiro, entre outros
Foto: divulgação/Polícia Militar
Três suspeitos de envolvimento na morte de um sargento da Casa Militar durante uma tentativa de assalto nessa quinta-feira (23) em São Benedito do Sul, na Zona da Mata Sul de Pernambuco, foram presos na madrugada desta sexta-feira (24) em Panelas, no Agreste.

De acordo com a Polícia Militar, José Dilson Gomes de Lima, 39 anos, e Valdemir de Araújo Faustino, 38, foram encontrados no centro da cidade, quando tentavam fugir em uma caminhonete. Eles confessaram o crime e informaram que parte das armas estavam na residência do segundo, em Lajedo.

Em seguida, os policiais foram até a residência do terceiro suspeito, Diaquino Souza de Miranda, 34, que também confessou o crime e apontou onde estava o resto do armamento. Os suspeitos e o material foram levados para a Delegacia de Plantão de Bezerros para os procedimentos cabíveis.

Caminhonete foi apreendida com os suspeitos
Foto: divulgação/Polícia Militar
No total, foram apreendidos três pistolas calibre .40, uma pistola calibre 365, dois revólveres calibre 38, um revólver calibre 32, 11 munições calibre 380, 36 munições calibre 40, seis munições calibre 32, seis munições calibre 635, 16 munições calibre 38, um colete à prova de balas, um rádio transmissor, cinco celulares, dois relógios, um GPS, uma caminhonete e R$ 1.521 em espécie e moedas.

Relembre o caso

O sargento da Casa Militar morreu após ser baleado durante uma tentativa de assalto na PE-126, em São Benedito do Sul. Carlos Roberto da Silva, 50 anos, seguia para Correntes, no Agreste, com um cabo da Polícia Militar quando foram surpreendidos por quatro suspeitos em uma caminhonete trancando a estrada. Os policiais perceberam a ação e houve troca de tiros.

O sargento foi baleado na nuca e socorrido para o hospital local, mas não resistiu aos ferimentos. Os suspeitos fugiram, deixando um dos criminosos para trás. Ele foi encontrado após buscas e trocou tiros com policiais. Ele foi atingido por um tiro e faleceu. Alex Ivano Firmino da Silva, 29 anos, estava com uma pistola 9mm, 253 munições e uma quantia de R$ 4.292 em dinheiro. Os corpos do sargento e do suspeito foram levados para o Instituto de Medicina Legal (IML) do Recife.

Mais Lidas