Festa de Carnaval

Policial militar e guarda municipal morrem após briga em Água Preta

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 01/03/2017 às 14:27
NOTÍCIA
Leitura:

Vítimas foram levadas para o Hospital Regional de Palmares
Foto: divulgação/SES
Um cabo da Polícia Militar de Alagoas e o chefe da guarda municipal de Água Preta, na Zona da Mata Sul de Pernambuco, morreram após uma briga em uma festa de Carnaval na cidade, no fim da tarde dessa terça-feira (28).

De acordo com a Polícia Militar, o cabo Erivan José de Oliveira, 36 anos, estava de folga, enquanto o guarda municipal, José Ferreira de Souza Filho, 39, fazia parte da segurança do evento. Eles teriam se desentendido e o cabo atirou contra o chefe da guarda, que revidou.

O chefe da guarda municipal foi atingido no tórax e levado para o Hospital Regional de Palmares, mas não resistiu aos ferimentos. O policial foi atingido no tórax e na cabeça, levado para o Hospital de Palmares e transferido para o Hospital da Restauração, mas também faleceu.

Na confusão, outras quatro pessoas foram atingidas por tiros de arma de fogo, sem gravidade: um policial militar de Pernambuco de 40 anos, um produtor de eventos de 40 anos, uma dona de casa de 48 e um homem de 53. Eles foram atendidos no hospital e liberados.

No local, a polícia apreendeu uma pistola .40 e um carregador com capacidade para 15 munições, com cinco delas intactas. O caso será investigado pela Delegacia de Água Preta.

Mais Lidas