"De Olho no Bandido"

Projeto de lei pretende aumentar segurança a partir da vigilância em Caruaru

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 09/03/2017 às 9:35
NOTÍCIA
Leitura:

Projeto foi apresentado pelo vereador Alberes Lopes (PRP) em reunião na Câmara de Vereadores
Foto: Vladimir Barreto/divulgação
Um projeto de lei intitulado "Programa De Olho no Bandido - Contribua com a segurança do seu bairro", apresentado na última terça-feira (7) na reunião da Câmara Municipal de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, tem como proposta aumentar a segurança dos cinco bairros mais violentos da cidade, por meio da vigilância.

O objetivo do programa é unir moradores de uma mesma rua ou quadra em grupos para prevenir os chamados "crimes de oportunidade", como furto e roubo em residências, e incentivar a participação da comunidade no processo da segurança pública. Câmeras de segurança também serão doadas para o programa.

O projeto de lei, de autoria do vereador Alberes Lopes (PRP), seguirá para análise nas comissões para ser votado nas próximas reuniões da Casa. O vereador também afirmou que irá doar câmeras de monitoramento, dentro do programa: "Vamos instalar câmeras em pontos estratégicos para que os moradores possam monitorar sua rua pelo celular e acionar as polícias, a Guarda Municipal e o Corpo de Bombeiros quando necessário", afirma.

Números da violência

Desde o início do ano, Caruaru já registrou 52 homicídios. Em janeiro, foram 21 crimes de morte, assim como em fevereiro. No mês de março, foram registrados 10 assassinatos. Dois deles aconteceram nessa quarta-feira (8), quando um vendedor de gás e um professor de artes maciais foram mortos.

Mais Lidas