Hospital da Restauração

Sobrevivente de latrocínio em Caruaru responde a estímulos dos médicos

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 29/03/2017 às 10:32
NOTÍCIA
Leitura:

Geraldo Filho, 23 anos, está internado no Hospital da Restauração desde o dia 22 de março
Foto: arquivo/JC Imagem

O único sobrevivente do latrocínio que vitimou três pessoas da mesma família no Sítio Lagoa do Paulista, em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, responde a estímulos da equipe médica. Geraldo José da Silva Filho, 23 anos, está internado no Hospital da Restauração (HR), no Recife. As informações sobre o estado de saúde do jovem foram divulgadas pela chefe da UTI-Adulto, Fátima Buarque, em coletiva de imprensa na manhã desta quarta-feira (29).

De acordo com a assessoria de imprensa do HR, a sedação está sendo retirada aos poucos e o paciente consegue mexer os membros inferiores e superiores. Geraldo Filho também atende a comando de voz: quando os médicos chamam seu nome, ele reage abrindo os olhos. O estado de saúde do jovem continua grave, mas é estável. Não há previsão de saída da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), nem de alta do hospital.

Geraldo Filho foi atingido por um tiro na cabeça e outro em um dos braços. A lesão no cotovelo também dificulta a movimentação do membro superior. O paciente deu entrada no Hospital da Restauração na madrugada do último dia 22. Ele passou por uma neurocirurgia e e uma cirurgia ortopédica. Ainda de acordo com o hospital, apenas com o passar do tempo haverá como identificar possíveis sequelas.

Relembre o crime

No dia 21 de março deste ano, três homens invadiram a casa da família no Sítio Lagoa do Paulista, na zona rural da cidade. Eles roubaram duas motos, que foram encontradas queimadas na última quinta-feira (23) em Serra dos Cavalos. De acordo com a investigação da Polícia Civil, o motivo do abandono teria sido queima de arquivo. Dois jovens de 19 e 23 anos e um adolescente de 16 foram presos suspeitos de cometer o crime.

Joselma Pereira da Silva, 52 anos, e Maria Madalena Pereira da Silva, 24, mãe e filha, foram baleadas e morreram no local. O pai da jovem, identificado como Geraldo José da Silva, 61, chegou a ser levado para o Hospital Regional do Agreste (HRA) com vida, mas não resistiu aos ferimentos. O outro filho do casal, Geraldo José da Silva Filho, 23, foi o único sobrevivente. Ele foi transferido para o Hospital da Restauração (HR), no Recife, onde segue internado em estado grave.

Mais Lidas