Violência

Fim de semana registra cinco homicídios em Caruaru

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 10/04/2017 às 8:25
NOTÍCIA
Leitura:

No bairro Morada Nova, um jovem foi encontrado morto dentro de um carro
Foto: reprodução/TV Jornal

O último fim de semana foi violento em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. Desde a sexta-feira (7) até o domingo (9), foram registrados cinco homicídios na cidade. Os corpos das vítimas foram encaminhados para o Instituto de Medicina Legal (IML) da cidade. Em todos os casos, ninguém foi preso.

O crime mais recente aconteceu por volta das 23h30 no bairro Santa Rosa. De acordo com a Polícia Militar, a vítima foi identificada como Weslley César Morais da Silva, 21 anos. Ele foi atingido por dois tiros na cabeça e não resistiu. Testemunhas disseram à polícia que o jovem era usuário de drogas.

Mais cedo, às 21h30, um jovem foi encontrado morto dentro de um carro no bairro Morada Nova. Leandro Batista de Melo, 23 anos, foi atingido por oito tiros de arma de fogo, no pescoço e nos ombros. Não há informações sobre como aconteceu o crime. De acordo com a polícia, ele já havia sido preso por homicídio, mas não se sabe o que motivou o assassinato.

No sábado (8), um jovem de 23 anos foi assassinado na Vila Kennedy. Ele estava com o irmão próximo a um colégio quando os suspeitos chegaram em um carro e atiraram. Alisson Gomes Lopes chegou a ser levado para o Hospital Regional do Agreste (HRA), mas não resistiu aos ferimentos e faleceu. O irmão dele não ficou ferido.

Na madrugada do mesmo dia, um outro crime foi registrado na Vila do Aeroporto. Dois homens estavam em um ponto de ônibus quando dois suspeitos chegaram em uma moto e atiraram nas vítimas, que não foram identificadas. Um deles morreu no local e o outro foi encaminhado ao HRA, em estado grave. O primeiro crime foi registrado na manhã de sexta-feira, no bairro Riachão. José Nildo Bernardo de Alcântara, 39 anos, estava em um bar quando os suspeitos chegaram em um carro, atiraram e fugiram.

Mais Lidas