Instrução

Ex-prefeito e vereadores envolvidos na Operação Pulverização são ouvidos em Belém de Maria

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 11/04/2017 às 11:49
NOTÍCIA
Leitura:

Cerca de R$ 9,7 milhões teriam sido desviados dos cofres de Belém de Maria
Foto: reprodução/TV Jornal

O ex-prefeito de Belém de Maria, na Zona da Mata Sul de Pernambuco, Valdeci José da Silva (PSB), e ex-vereadores envolvidos na Operação Pulverização estão sendo ouvidos nesta terça-feira (11) no Fórum Guilhermino de Souza Melo. De acordo com o Ministério Público de Pernambuco (MPPE), esta parte do processo é chamada de instrução processual. A operação investiga crimes de lavagem de dinheiro, corrupção, fraude em licitações, entre outros crimes, na prefeitura do município.

De acordo com o MPPE, Valdeci José da Silva responde por associação criminosa, lavagem de dinheiro, peculato, falsidade ideológica, entre outros crimes, enquanto estava na prefeitura. Ele chegou a passar um período foragido, mas se entregou à polícia em agosto de 2016.

Ex-prefeito Valdeci José da Silva responde por diversos crimes
Foto: reprodução/TV Jornal

Relembre a operação

A Operação Pulverização começou em 20 de novembro de 2015 e, nas duas primeiras fases, investigou e desarticulou um núcleo econômico empresarial e político de uma organização criminosa formada por empresários e entes públicos. A quadrilha teria desviado verbas no valor de R$ 9,7 milhões dos cofres de Belém de Maria. A terceira fase foi deflagrada em novembro do ano passado.

Ainda segundo o MPPE, o esquema consistia em lavagem de dinheiro através de pagamentos fraudulentos, superfaturados e sem licitação de empresas fantasmas que supostamente realizavam serviços para a prefeitura. Porém, os serviços não foram executados. A operação foi realizada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) do MPPE e pela Polícia Civil.

Mais Lidas