Programação

44º Festival de Jericos começa neste sábado em Panelas

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 28/04/2017 às 16:37
NOTÍCIA
Leitura:

Festival Nacional de Jericos começou em 1973, com o objetivo de conscientizar sobre a matança do animal
Foto: divulgação/Eliema Santos

A 44ª edição do tradicional Festival Nacional de Jericos (uma espécie de jumento) será realizada a partir deste sábado (29) no município de Panelas, no Agreste de Pernambuco. A abertura está marcada para 18h30, com a banda de Música Mariano de Assis, seguida da concentração do Bloco Me Leva Indoor e shows de Forró Fama, Ricardo Lima e banda e Maurício Ramalho e banda, no palco Praça pública.

No domingo (30), a partir das 13h, será a concentração dos cavaleiros e amazonas, artistas e cantores, no trevo da cidade. No local, também haverá apresentação da banda Forrozão Só Alegria. Para 14h, está prevista apresentação na Bica de Panelas, com o Paredão Carreta Omena; às 14h30, será o desfile dos cavaleiros, amazonas, grupos folclóricos e artistas pelas ruas principais da cidade, com participação de Ricarte e Rivaldo.

A Missa do Vaqueiro será celebrada pelo padre Cícero Félix, às 15h30 do domingo, com homenagem especial a Luiz Gonzaga, no palco principal da festa. Às 17h30 haverá banho de cheiro nas ruas da cidade, seguido de show com a dupla Ricarte e Rivaldo, no palco praça pública. A partir das 21h, haverá shows das bandas Forró Topado, Anjos do Forró e de Epitácio Filho.

O feriado do Dia do Trabalhador, 1º de maio, é o dia da tradicional corrida. A programação começa cedo, a partir das 6h, com alvorada festiva e a banda de música Mariano de Assis.

A partir das 7h, será a hora do Munguzá do Turista, quando serão distribuídos mais de 4 mil quilos de munguzá, com participação da Orquestra da Banda de Música Mariano de Assis, seguida do show com a banda Los Primos e celebração da Santa Missa em Ação de Graças ao Trabalhador, com o padre Cícero Félix, na Igreja Bom Jesus dos Remédios.

Às 9h, serão realizados shows folclóricos de banda de pífanos, Bumba meu boi, Reisado, bacamarteiros, mamulengo, regionais pé de serra, palhaços, mazurca, maracatu e xaxado, exposição das atividades de projetos locais e apresentação de grupos de dança, karatê e capoeira. No mesmo horário, também haverá forró pé de serra na Bica de Panelas e show com Pedro Lima, na tenda em frente ao sindicato.

Para as 10h, está previsto um concurso de Jericos fantasiados e show com Isac Maraial, na Bica de Panelas. Às 11h, haverá show com a banda Nordestinos do Forró, no palco praça pública, e do trio Forró pé de serra, na Rua Nova. Às 12h, tem Jhonny dos Teclados na tenda em frente ao sindicato, seguido de show com a banda Forrozão Só Alegria, no palco da praça pública.

O início da Corrida de Jericos será às 14h, com abertura especial da Sagrada Família e participação do grupo da Melhor Idade. A partir das 14h30, começa a Corrida de Jericos feminino. Às 15h, começa a tradicional Corrida de Jericos. A premiação será às 17h e em seguida haverá show com Gabriel Diniz, Wenny Thallys e Baladeiros Sertanejos, no palco praça pública.

História

O Festival Nacional de Jericos começou em 1973, a partir de uma ideia do professor caruaruense Luélcito Cintra, com o objetivo de alertar as autoridades sobre a matança dos jericos. Na época, o animal corria risco de extinção por causa da matança desordenada para a exportação de charqueado (carne salgada e seca).

Mais Lidas