Biênio

Movimento Polo Caruaru define temas para nortear debates em 2017/2018

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 04/05/2017 às 9:43
NOTÍCIA
Leitura:

Movimento Polo Caruaru definiu temas para biênio 2017/2018
Foto: reprodução/TV Jornal

O Movimento Polo Caruaru, no Agreste de Pernambuco, definiu a Feira da Sulanca, o Distrito Industrial, o Parque Tecnológico e o Observatório Social como temáticas que irão nortear os debates do grupo no biênio 2017/2018. Os temas foram escolhidos de acordo com as necessidades do município. Os dois primeiros precisam de respostas mais urgentes; os outros precisam de debates mais aprofundados, levando em consideração o futuro da cidade.

De acordo com o Movimento Polo, foram criados grupos de trabalho para cada área. Cada grupo temático terá um projeto e agenda próprios. Pessoas ligadas ao tema e a sociedade devem participar do processo. Cada tema terá um coordenador e uma equipe de no mínimo sete representantes, que irão estudar e debater sobre o assunto, com o objetivo de elaborar um projeto para ser apresentado aos poderes municipal e estadual.

Os membros do Movimento Polo voltam a se reunir nesta quinta-feira (4), às 18h30, no Armazém da Criatividade, no Polo Caruaru, para uma visita ao local e debater a ordem do dia. A pauta do encontro são informações sobre as ações realizadas desde a 1ª reunião do MPC, confirmar agendas aprovadas nos grupos temáticos e apresentar os TAPs dos grupos temáticos.

Movimento Polo Caruaru

O MPC é composto por entidades, associações e conselhos de diversos segmentos da sociedade civil, que de forma voluntária dialogam regularmente uma agenda propositiva, direcionado a defender o setor produtivo e o desenvolvimento da cidade e da região. O sistema Prata/Camevô e a Universidade de Pernambuco (UPE) foram demandas iniciadas no Movimento Polo Caruaru.

Mais Lidas