Feirão do Imposto

Palestras e panfletagem abordam carga tributária em Caruaru

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 23/05/2017 às 15:47
NOTÍCIA
Leitura:

Este ano, o tema é "Chega de Mão Grande: ação contra a corrupção e a favor da eficiência na gestão dos recursos públicos"
Foto: divulgação

A Acic Jovem realiza na próxima sexta-feira (26) e no sábado (27) mais uma edição do Feirão do Imposto em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. A programação conta com palestras gratuitas e uma ação com panfletagem no Marco Zero da cidade.

A ação começa na sexta-feira (26), a partir das 18h30, com duas palestras: "O impacto da corrupção nos impostos", com o economista e consultor representante da Associação de Jovens Empresários (AJE) David Batista, e "Custos da corrupção: as perdas para o Brasil", com a professora da Unifavip/Devry e doutoura em economia Angélica da Trindade.

O evento acontece no auditório da Acic, na Rua Armando da Fonte, no centro de Caruaru. Os interessados podem realizar as inscrições através do link. Já no sábado (27), o feirão será realizado na Praça da Conceição, no Marco Zero da cidade. Lá, haverá panfletagem com informações para a conscientização da população sobre a carga tributária de alguns produtos e os impactos da corrupção.

Feirão do Imposto

O Feirão do Imposto é realizado em diversos municípios brasileiros pela Confederação Nacional dos Jovens Empresários (Conaje). O evento foi criado em 2002, em Santa Catarina. Este ano, o tema é "Chega de Mão Grande: ação contra a corrupção e a favor da eficiência na gestão dos recursos públicos". Em Caruaru, a iniciativa é desenvolvida através do núcleo da Associação Comercial e Empresarial de Caruaru (Acic) Acic Jovem.

Dados do site Impostômetro, criado pela Associação Comercial de São Paulo, revelam que de 1º de janeiro a 23 de maio, o brasileiro já pagou mais de R$ 869 bilhões em impostos. Este dinheiro corresponde a 50 salários mínimos durante 1.547.111 anos. Os pernambucanos já pagaram, no mesmo período, mais de R$ 19 bilhões. Os caruaruenses desembolsaram R$ 60 milhões.

Mais Lidas