Apac

Previsão de chuvas até sábado anima moradores do Agreste pernambucano

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 25/05/2017 às 8:25
NOTÍCIA
Leitura:

Chuvas devem continuar no Agreste de Pernambuco
Foto: Ana Maria Miranda/NE10 Interior

Os moradores do Agreste pernambucano comemoram os dias chuvosos, uma vez que a região enfrenta a pior seca das últimas décadas. Na maioria dos municípios, há racionamento mensal de água, com vários dias sem o líquido nas torneiras. A boa notícia é de que a previsão da Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) é de que as chuvas continuem no Agreste do Estado até o próximo sábado (27), com intensidade fraca a moderada.

De acordo com o meteorologista Fabiano Prestrelo, o período em que mais chove na região é de março a julho, portanto, a precipitação é normal para a região.

O boletim pluviométrico divulgado pela Apac nesta quinta-feira (25), referente ao período entre 6h da quarta (24) até as 6h desta quinta, registrou chuvas em vários municípios do Agreste. A maior chuva registrada pela Apac foi em Correntes, onde caiu 77,2 mm de precipitação. Em Barra de Guabiraba, foram registrados 51,5 mm; em Sairé, 43,8 mm; em Bezerros, 37 mm.

Caruaru registra maior chuva do ano

O município de Caruaru, localizado no Agreste Central, registrou a maior chuva do ano de ontem para hoje (54 mm), de acordo com o engenheiro agrônomo do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), Fábio César.

Segundo ele, os agricultores que plantaram quando as chuvas ainda não estavam frequentes, perderam a cultura, já que não houve continuidade na precipitação. "Até o dia 15 de maio as chuvas tinham sido muito poucas e localizadas. Agora é que o agricultor está tendo condições de preparar o solo para plantar", afirma.

Mais Lidas