Benefício

Cartão Reforma: moradores de Caruaru começam a ser cadastrados

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 26/05/2017 às 10:26
NOTÍCIA
Leitura:

Cartão Reforma é programa do Ministério das Cidades, do Governo Federal
Foto: arquivo/Agência Brasil

Os moradores do bairro São João da Escócia, em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, serão cadastrados neste sábado (27) e domingo (28) dentro do programa Cartão Reforma, do Ministério das Cidades. O programa do Governo Federal terá a Capital do Agreste como piloto. O atendimento será realizado das 8h às 17h, na Escola Municipal Professora Josélia Florêncio.

LEIA TAMBÉM:

> Temer lançaria Cartão Reforma em Caruaru dia 22 de junho com Bruno Araújo e Raquel Lyra

Na próxima segunda-feira (29), o cadastro será realizado no CRAS de Referência, na Rua Roberto Simonsen, nº 201-A, no bairro do Salgado, das 14h às 17h. De terça (30) a sexta-feira (2), os moradores do São João da Escócia também serão cadastrados no CRAS do Salgado, das 8h às 17h.

O Cartão Reforma consiste em um benefício do Governo Federal, com o apoio da Prefeitura de Caruaru, para fornecer auxílio em forma de crédito, através de um cartão físico, para que famílias de baixa renda possam finalizar a construção ou realizar reformas em suas residências.

Famílias de baixa renda que recebem até três salários mínimos (R$ 2,8 mil) terão acesso ao crédito para reforma, ampliação, promoção da acessibilidade ou conclusão de obras. O programa tem orçamento inicial de R$ 1 bilhão e a previsão do governo federal é de que cerca de 100 mil pessoas sejam beneficiadas na primeira fase. O programa vai oferecer um valor de crédito que pode variar entre R$ 2 mil e R$ 9 mil, destinados à compra de materiais de construção em estabelecimentos cadastrados.

Cartão Reforma é benefício para que famílias de baixa renda possam finalizar a construção ou realizar reformas em suas residências
Foto: divulgação/Prefeitura de Caruaru

Para participar do programa, o beneficiário deve ser proprietário do imóvel e morar no local onde a reforma será feita. Famílias que têm mulheres como responsáveis, idosos ou pessoas com deficiência como membros e com baixa renda terão prioridade. O cartão tem validade de um ano e é necessário utilizar no período de vigência. A execução da obra é de responsabilidade da família beneficiada.

Critérios

Os moradores - apenas do bairro São João da Escócia - devem se enquadrar nos seguintes critérios: integrar grupo familiar com renda bruta de até R$ 2.811 (soma das rendas de todos os integrantes); ser proprietário, possuidor ou detentor de um único imóvel residencial e residir neste; ser maior de 18 anos ou emancipado; não ter sido beneficiado, nos últimos 10 anos, com subsídios concedidos no âmbito de programas habitacionais da União, bem como descontos habitacionais concedidos nas operações de financiamento de aquisição de material realizadas com recursos do FGTS; possuir telefone celular habilitado, no mínimo, ao recebimento de SMS; e apresentar a documentação necessária.  A lista de documentos necessários está disponível no site da Prefeitura de Caruaru.

Mais Lidas