Coletiva de imprensa

Balanço das chuvas: desaparecidos, desabrigados e estragos em Caruaru

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 29/05/2017 às 10:44
NOTÍCIA
Leitura:

Chuva causou estragos em vários bairros de Caruaru
Foto: divulgação/Prefeitura de Caruaru

A prefeita de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, concedeu coletiva de imprensa nesta segunda-feira (29) para divulgar o balanço dos estragos provocados pelas chuvas na cidade. A coletiva aconteceu na sede da Associação Comercial e Empresarial de Caruaru (Acic), uma vez que o prédio da prefeitura também foi afetado.

Sobre os estragos, a prefeita Raquel Lyra (PSDB) informou que mais de 200 ruas tiveram a pavimentação danificada, prejudicando também o serviço de transporte público. Prédios de escolas municipais e unidades de saúde sofreram avarias, como infiltrações. Alguns parques públicos, como o do bairro das Rendeiras, ficaram completamente alagados e danificados. Passagens molhadas foram danificadas.

A prefeitura também confirmou que duas pessoas seguem desaparecidas: uma mulher cujo carro teria sido puxado pela correnteza no bairro Caiucá e um homem. De acordo com Raquel Lyra, o veículo da mulher foi encontrado, mas até agora nenhum corpo foi encontrado.

Três pessoas ficaram feridas em decorrência do desabamento de casas em áreas populares. Treze casas desabaram no Morro Bom Jesus e no bairro José Liberato, mais de 20 árvores de grande porte caíram, assim como postes de energia elétrica, e diversos pontos de esgoto estouraram.

Cinco famílias estão desabrigadas (25 pessoas) e 51 famílias estão desalojadas, algumas abrigadas em abrigo público e outras em casas de parentes. Na coletiva, Raquel também destacou o apoio dado na remoção dos quase de 100 idosos da Casa dos Pobres, de forma preventiva.

Coletiva foi realizada na Acic, já que o prédio da prefeitura também foi danificado
Foto: Rádio Jornal Caruaru

Segundo a prefeita, o trabalho de limpeza realizado pelo programa Cidade Limpa contribuiu para diminuir o impacto das chuvas. Desde o dia 1º de janeiro até este mês, foram retiradas 2 mil toneladas de lixo e baronesas do Rio Ipojuca; 21 bairros foram limpos (mais de 600 ruas), mais de 20 mil toneladas de entulhos retirados das ruas, além da coleta ordinária, entre outras ações.

Estado de emergência

Nesse domingo (28), Raquel Lyra decretou estado de emergência em Caruaru. De acordo com o decreto, publicado no Diário Oficial do Município, as chuvas causaram diversos danos às estruturas físicas das unidades de saúde, além de danos humanos e materiais.

O parecer para a decretação foi dado pela Autarquia Municipal de Defesa Social, Trânsito e Transportes (Destra), que é responsável pela Defesa Civil do município. A situação de emergência, autoriza a mobilização de todos os órgãos municipais e a convocação de voluntários para reforçar as ações.

Em reunião realizada com o governador Paulo Câmara (PSB) e o presidente da República, Michel Temer (PMDB), Raquel fez um apelo para que o governo do Estado também reconheça decretos de situação de emergência no Agreste do Estado. Já são 14 as cidades em estado de calamidade; centralizadas na Mata Sul.

Mais Lidas