Medo

Moradores dos outros blocos de conjunto começam mudança em Garanhuns

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 11/07/2017 às 10:41
NOTÍCIA
Leitura:

Os moradores decidiram, por conta própria, deixar os prédios
Foto: Nayara Vila Nova/TV Jornal Interior

Defesa Civil também orientou que moradores saiam dos prédios
Foto: Nayara Vila Nova/TV Jornal Interior

Os moradores dos outros dois blocos de um conjunto cujo bloco C caiu na manhã dessa segunda-feira (10) estão realizando a mudança na manhã desta terça-feira (11) no bairro Aloísio Pinto, em Garanhuns, no Agreste de Pernambuco.

O prédio que caiu na manhã de segunda e deixou dois mortos fazia parte de um conjunto com três blocos. As famílias que viviam no Bloco C perderam tudo. O conjunto era formado por três blocos, dos quais cada um tinha seis apartamentos.

"Eu não vou correr risco à minha vida", afirmou um dos moradores, em entrevista à Rádio Jornal Garanhuns. "Você fica abalado psicologicamente. Estava arriscando a vida de todo mundo, sem saber", afirmou. A Defesa Civil de Garanhuns orientou aos moradores que deixem os prédios, que já estão sem energia elétrica.

Relembre o caso

Por volta das 6h dessa segunda-feira (10), um prédio de dois andares desabou no bairro Aloísio Pinto. A queda deixou dois homens soterrados, cujos corpos foram localizados no fim da tarde e início da noite. As vítimas fatais foram identificadas como Antônio Arcoverde, 32 anos, e Edval Soares da Silva, 66 anos. A esposa de Antônio, de 30 anos, e a filha do casal, uma bebê de 20 dias, foram resgatadas com vida. Um vídeo registrado por câmeras de segurança mostra o momento em que o prédio vai abaixo. Confira:

Mais Lidas