Zona rural

Tio e sobrinho são presos suspeitos de vender munições em Alagoinha

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 14/07/2017 às 10:55
NOTÍCIA
Leitura:

Um idoso de 73 anos e o sobrinho dele, de 44 anos, foram presos nessa quinta-feira (13) suspeitos comercializar munições no Sítio Barrinho, na zona rural de Alagoinha, no Agreste de Pernambuco.

De acordo com a Polícia Militar, dentro da residência foi encontrado um balde com uma grande quantidade de munições, cartuchos de metal para espingardas, espoletas, chumbo, entre outros materiais utilizados para recarregar armas de fogo. Nas imediações da casa, policiais localizaram uma espingarda calibre 28, escondida na vegetação.

Ainda segundo a polícia, no local foram encontados 116 cartuchos de pólvora para espingarda artesanal; 10 embalagens com pólvora; três tubos de pólvora; 18 embalagens com espoleta para espingarda artesanal; oito embalagens com espoleta para espingarda cartucho; 44 cartuchos de metal calibre 28; quatro cartuchos de metal calibre 12; quatro cartuchos metal cal. 36; 15 cartuchos metal cal. 32; cinco cartuchos metal cal.20 e 19,4 quilos de chumbo.

Os suspeitos e os materiais apreendidos foram levados para a Delegacia de Belo Jardim, também no Agreste. De acordo com a Polícia Militar, o homem de 44 anos já havia respondido na Justiça por homicídio. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Mais Lidas