Educação

Professores da rede municipal realizam protesto na Câmara de Caruaru

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 28/07/2017 às 11:30
NOTÍCIA
Leitura:

Professores realizam protesto na Câmara de Vereadores de Caruaru
Foto: Berg Santos/Rádio Jornal Caruaru

Os professores da rede municipal de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, realizam um protesto na manhã desta sexta-feira (28) durante a reunião extraordinária da Câmara de Vereadores que vota projetos de lei de autoria do Executivo relativos à educação e outros temas.

Categoria está insatisfeita com "falta de diálogo"
Foto: Aline Mirelly/TV Jornal Interior

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Caruaru (Sinteduc) alega que não há diálogo quanto às pautas que envolvem os professores. Nesta sexta, devem ser votados sete projetos de lei e um projeto de lei complementar.

Confira:

1. Projeto de lei abre ao orçamento de Caruaru o valor de R$ 7 milhões, em favor da Secretaria de Ordem Pública.
2. Projeto de lei abre ao orçamento de Caruaru o valor de R$ 5,6 milhões, em favor da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos
3. Projeto de lei cria o programa complementar do Cartão Reforma, do Governo Federal.
4. Institui o programa "nota fiscal premiada", que visa o estímulo à cidadania fiscal em Caruaru, dispondo sobre premiações e geração de crédito aos tomadores de serviço.
5. Institui o programa de Recuperação Fiscal de Caruaru (Refis), que promove a regularização de impostos municipais.
6. Projeto de lei estabelece o valor da hora-aula em R$ 6,24 para os professores I e II da rede municipal.
7. Estabelece o "Bônus Fenagreste", um incentivo para que os servidores da Secretaria de Educação possam adquirir livros na Feira Nacional do Livro do Agreste (Fenagreste) ou outro evento similar.
8. Um projeto de lei complementar estabelece que os cargos de gestor escolar, coordenador pedagógico, secretário escolar e professor formados deverão ser nomeados mediante aprovação em processo seletivo.

Mais Lidas