Sonora Brasil

Grupo de Coco de Zambê potiguar faz apresentação em Caruaru

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 23/08/2017 às 11:22
NOTÍCIA
Leitura:

Apresentação do Coco de Zambê faz parte da 20ª edição do projeto Sonora Brasil
Foto: divulgação

O grupo Coco de Zambê de Tibau do Sul (RN), estará nesta quinta-feira (24) no Teatro Rui Limeira Rosal, no Sesc Caruaru, no Agreste de Pernambuco. A apresentação faz parte da 20ª edição do projeto Sonora Brasil, realizado em todo o País. A entrada é gratuita.

O grupo potiguar é formado por Didi (Djalma Cosme da Silva), Uzinho (Severino de Barros), Tonho (Antonio Cosme de Barros), Mestre Mião (Damião Cosme de Barros), Zé Cosme (José Cosme Neto), Kéké (Clebesson da Silva), Pepé (Ederlan da Silva) e Beto (José Humberto Filho de Oliveira). O Coco de Zambê estará na cidade representando a manifestação cultural, característica das comunidades indígenas e quilombolas.

A música do Coco de Zambê se caracteriza por ser uma espécie de canto responsorial: os versos são puxados pelo mestre e respondidos pelo coro de vozes. Dois tambores estão presentes na maoria dos grupos que praticam o Coco de Zambê: o Zambê (pau furado ou oco de pau), e o Chama. Os dois tambores são feitos artesanalmente, com troncos de árvores nativas do Nordeste.

Na 20ª edição do Sonora Brasil, os temas são "Na pisada dos cocos" e "Bandas musicais". O primeiro circula pelas regiões Norte e Nordeste; o segundo, nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste. Em 2018, os grupos trocam de lugar, para concluir o circuito nacional.

Sonora Brasil

O Sonora Brasil é um projeto temático que tem como objetivo levar ao público expressões musicais que integram o amplo cenário da cultura musical brasileira. O projeto busca despertar um olhar crítico sobre a produção e sobre os mecanismos de difusão da música no País, incentivando novas práticas e novos hábitos de apreciação musical. As apresentações têm caráter acústico, valorizando a autenticidade das obras e intérpretes.

 

Mais Lidas