Investigação

SDS designa delegado especial para caso de Alexandre Farias em Caruaru

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 17/09/2017 às 18:14
NOTÍCIA
Leitura:

Delegado Bruno Vital está à frente da investigação da Polícia Civil
Foto: Reprodução/ TV Jornal

A Secretaria de Defesa Social (SDS) designou um delegado especial para apurar o caso do jornalista Alexandre Farias, em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. Ele foi vítima de bala perdida durante uma perseguição policial, no bairro do Alto do Moura. O delegado Bruno Vital está à frente da investigação da Polícia Civil. De acordo com a SDS, Imagens das câmeras de monitoramento da região também foram solicitadas pela autoridade policial, e a Polícia Científica já trabalha na elaboração do retrato falado dos suspeitos.

As polícias Civil e Militar de Pernambuco estão trabalhando de maneira integrada na busca pelos suspeitos.

A população pode ajudar, caso tenha informações que auxiliem o trabalho dos investigadores, ligando para o Disque-Denúncia. No Agreste, o telefone é (81) 3719 4545. Não é preciso se identificar.

Caso

Alexandre Farias foi baleado dentro de seu carro enquanto seguia para sua casa, no bairro do Alto do Moura, em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. No caminho, o jornalista ficou no meio de um tiroteio causado por uma perseguição policial contra bandidos que estariam em um carro roubado.

Ainda durante a fuga dos suspeitos, dois socorristas do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU) que atendiam uma vítima de um acidente de trânsito, também foram atropelados pelos bandidos. Os dois socorristas foram levados para o Hospital Regional do Agreste (HRA) e não correm risco de morrer.

Alexandre foi socorrido pelo Samu para o HRA, mas foi transferido pouco depois para o Hospital da Unimed do município. Segundo os médicos da unidade ainda não sabe precisar se o jornalista ficará com sequelas. Só com o fim do coma induzido que se poderá avaliar as consequências do tiro.

Mais Lidas