Tragédia

Idosa morre após suposto tiro acidental do filho no Agreste de PE

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 06/11/2017 às 9:38
NOTÍCIA
Leitura:

Caso aconteceu no município de Tacaimbó, no Agreste de Pernambuco
Foto: reprodução/Google Maps

Uma idosa de 69 anos morreu nesse domingo (5) após ser atingida por um suposto tiro acidental disparado pelo próprio filho, de 44 anos, no município de Tacaimbó, no Agreste de Pernambuco.

O caso aconteceu na residência da mulher, no bairro Manoel Fulgêncio. De acordo com a Polícia Militar, o homem manuseava uma arma de pressão, conhecida popularmente como "espingarda de seta", quando teria efetuado o disparo.

Atingida por um tiro na região do pescoço, Júlia Quitéria de Lima Santos, 69 anos, foi levada para o hospital local, mas não resistiu e faleceu. Um laudo irá identificar se a morte da idosa foi devido ao ferimento ou se ela sofreu um infarto.

Logo após o caso, o suspeito, identificado como Josenildo Felizário dos Santos, 44 anos, não foi encontrado. Mais tarde, apresentou-se na delegacia, foi ouvido e liberado. Além dele, testemunhas foram ouvidas e a Polícia Civil instaurou um inquérito para apurar o caso.

 

Mais Lidas