Investigação

Adolescente é atingido por tiro acidental do irmão em Gravatá

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 20/11/2017 às 9:51
NOTÍCIA
Leitura:

Arma foi entregue na Delegacia de Gravatá
Foto: divulgação/Polícia Militar

Um menino de 13 anos foi atingido por um tiro acidental efetuado pelo próprio irmão, de 15, em Gravatá, no Agreste de Pernambuco, nesse domingo (19). Eles estariam brincando com uma arma quando o caso aconteceu.

À TV Jornal Interior, o delegado João Lins informou que o adolescente teria pego a arma do padrasto, que ficava no guarda-roupa da residência, para brincar com o irmão. O rapaz teria tentado retirar a munição, mas uma bala continuou no revólver. Enquanto os dois brincavam, a arma disparou e o menino de 13 anos foi atingido por um tiro na nuca.

O rapaz foi levado para o Hospital Doutor Paulo da Veiga Pessoa, em Gravatá, e transferido para o Hospital da Restauração, no Recife. De acordo com a assessoria de imprensa do hospital, o menino está na emergência pediátrica, entubado, e por enquanto não há indicação de cirurgia.

A arma foi entregue na delegacia local pelo advogado do padrasto, que seria proprietário do revólver. Ele deve ser indiciado por entregar arma a pessoa não autorizada. O adolescente foi ouvido e liberado.

Mais Lidas