Pesquisa

Compras de Natal devem injetar R$ 65 milhões na economia de Caruaru

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 05/12/2017 às 11:28
NOTÍCIA
Leitura:

Pesquisa foi realizada no centro de Caruaru, shoppings, entre outros espaços
Foto: divulgação/Leonardo Santos

Uma pesquisa de intenção de compra realizada pelo Sindicato dos Lojistas do Comércio (Sindloja) de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, revelou que cada consumidor pretende presentear em média quatro pessoas no Natal e fim de ano, entre filhos, cônjuge, pais e amigos. O valor médio dos presentes deve ser de R$ 98,50, o que representa aproximadamente uma movimentação de R$ 65 milhões na economia da cidade no período.

De acordo com o levantamento, oito em cada dez consumidores entrevistados (78,50%) irão presentear alguém no mês de dezembro. Os itens mais procurados serão vestuário (49%), perfumes e afins (15%), sapatos (8%), brinquedos (7%), eletrônicos (4%), joias e bijuterias (3%). Apenas 6% dos entrevistados não sabem o que vão comprar. Cerca de 93% dos entrevistados deverão pagar os presentes à vista, seja com dinheiro ou cartão de crédito.

A pesquisa também perguntou o que os clientes pretendem fazer com o 13º salário. Os consumidores entrevistados elencaram as prioridades: 20% vão investir ou poupar; 19% pagarão dívidas; 15% vão fazer compras e reformar a casa.

O levantamento apontou ainda um perfil do consumidor sobre os hábitos de consumo. Dos entrevistados, 74% afirmaram avaliar a situação financeira antes de realizar a compra; 65% disseram fazer um acompanhamento mensal de quanto ganha e de quanto gasta. Questionados sobre os métodos de controle usados nas despesas mensais, os entrevistados citaram caderno de anotações (46%), na memória (21%) e planilha eletrônica (15%); 7% não fazem nenhum controle.

Sobre as prioridades no pagamento das contas, 79% garantiram pagar as contas até a data do vencimento, evitando multas e juros, enquanto 21% informaram pagar primeiro as contas básicas e depois quitar as demais, sem levar em consideração a data de vencimento.

Metodologia

A pesquisa foi realizada pela economista Bruna Claudino, da Assessoria de Economia e Estatística do Sindloja Caruaru, entre os dias 21 e 28 de novembro deste ano. Foram entrevistadas 200 pessoas, no centro de Caruaru, Fábrica da Moda, Parque 18 de Maio, Polo Caruaru e Caruaru Shopping. O grau de acerto da pesquisa é de 95%.

Mais Lidas