Resíduos

Lixão de Toritama será desativado nesta sexta-feira

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 22/12/2017 às 10:06
NOTÍCIA
Leitura:

Lixão recebia de mil a duas mil toneladas de resíduos por mês
Foto: divulgação/Prefeitura de Toritama

O lixão de Toritama, no Agreste de Pernambuco, localizado no Sítio Mangas, às margens da BR-104, será desativado nesta sexta-feira (22). Uma solenidade será realizada nesta manhã para marcar o fim do espaço. Representantes de cidades vizinhas afetadas pela poluição, assim como dirigentes de órgãos ambientais, estarão no ato.

De acordo com a prefeitura municipal, a desativação do lixão significa o fim de transtornos como queimadas, obstrução da BR-104 pela fumaça, exposição de toneladas de lixo a céu aberto, concentração de aves e proliferação de moscas, condições subumanas de trabalho, exploração do trabalho infantil, possibilidade de contaminação dos cursos hídricos afluentes ao Rio Capibaribe, entre outros problemas.

Catadores de lixo foram cadastrados em programas sociais
Foto: divulgação/Prefeitura de Toritama

O secretário municipal de Agricultura e Meio Ambiente, Hélio Lima, informa que o espaço recebia de mil a duas mil toneladas de resíduos por mês. A área tem cerca de 20 hectares. O lixão afeta os moradores de áreas como os sítios Mangas, Caldas, Santa Maria e São João, de Toritama, além da Vila do Socorro e o distrito de Pão de Açúcar, em Taquaritinga do Norte.

Após a desativação, serão iniciados a limpeza e os estudos de recuperação da área degradada, a partir de um termo de referência. Depois de estudos de viabilidade, a área poderá tornar-se um parque ambiental ou um distrito industrial. As famílias de catadores que trabalhavam no lixão foram cadastradas na Secretaria de Assistência Social e acolhidas em programas sociais como o Bolsa Família, fornecimento de cestas básicas e vagas em cursos do Pronatec, voltados para as atividades de confecções de roupas. A prefeitura informou ainda que apoia a criação de uma associação municipal de catadores.

Lixo irá para Caruaru

Os resíduos descartados pela população de Toritama passarão a ser destinados a um aterro sanitário privado localizado em Lajedo do Cedro, na zona rural de Caruaru, licenciado por órgãos ambientais como Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH) e Agência Pernambucana de Recursos Hídricos. Segundo a prefeitura, a mudança foi feita de acordo com a Política Nacional dos Resíduos Sólidos, que disciplina a erradicação dos lixões no Brasil.

Mais Lidas