Estouramento

Moradores que tiveram casas invadidas por água em Caruaru serão indenizados

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 02/01/2018 às 15:03
NOTÍCIA
Leitura:

Reparos já estão sendo realizados na tubulação que estourou
Foto: divulgação/Compesa

A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) enviou equipes para a Rua Rodopiano Florêncio, no bairro do Salgado, em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, para fazer um levantamento dos prejuízos causados aos moradores e providenciar uma indenização. Na manhã desta terça-feira (2), uma tubulação da adutora de Jucazinho estourou e a água invadiu algumas residências e estabelecimentos comerciais.

O incidente aconteceu durante os testes para o abastecimento das cidades de Riacho das Almas, Cumaru e Passira. Segundo a Compesa, o problema aconteceu próximo à Estação de Tratamento de Água do Salgado (ETA Salgado). A companhia informou que iniciou os procedimentos para estancar o vazamendo no momento em que teve conhecimento do caso. O sistema foi desligado imediatamente.

Água invadiu casas e prejudicou moradores
Foto: reprodução/TV Jornal

Ainda de acordo com a Compesa, equipes de manutenção estão no local providenciando os reparos na rede. Outros dois vazamentos menores foram encontrados na rede adutora de Jucazinho no bairro São João da Escócia e próximo ao Cemitério Parque dos Arcos, e também estão sendo consertados. A previsão é de que os serviços sejam concluídos em até 24 horas. Os reparos não interferem no abastecimento de Caruaru.

Mais Lidas