Justiça

Lagoa dos Gatos: casal conta como lutou para conseguir adotar o filho

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 26/01/2018 às 15:32
NOTÍCIA
Leitura:

Lucas, de dois anos, está com a família que lutou por ele
Foto: reprodução/TV Jornal

Depois de descobrir que não podia ter filhos biológicos, um casal de Lagoa dos Gatos, no Agreste de Pernambuco, decidiu que queria adotar uma criança. A alegria foi grande quando eles conheceram uma mulher que estava grávida mas não tinha condições de criar o filho.

Quando o pequeno Lucas nasceu, a família foi buscá-lo e passou cerca de um mês com a criança, período em que solicitaram na Justiça a guarda do menino. Porém, a Justiça não concedeu a guarda de início, já que não havia parentesco. O casal precisou entregar a criança para um abrigo no município de Palmares e chegou a alugar uma casa na cidade para visitar o menino.

"Foi muito difícil esse período, eu não conseguia dormir bem, chorava o tempo todo, até para trabalhar ficou difícil", relembra Rosineide Moura, mãe de Lucas. Os pais de Lucas ficaram em quarto lugar na fila de adoção, mas a história acabou conquistando os outros casais.

Veja na reportagem do "Povo na TV", da TV Jornal Interior:

Mais Lidas