Sem serviço

Greve paralisa atividades dos Correios em Caruaru, no Agreste

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 12/03/2018 às 14:00
NOTÍCIA
Leitura:

Greve deve seguir até sair uma decisão do Tribunal Superior do Trabalho (TST).
Foto: reprodução/TV Jornal Interior

O trabalhadores dos Correios entraram em greve, em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, nesta segunda-feira (12) e deve seguir até sair uma decisão do Tribunal Superior do Trabalho (TST). A categoria cobra do governo a realização de concurso público para a reposição das mais de 20 mil vagas deficitárias em todos o país. Outro ponto de cobrança é a respeito nos cortes do plano de saúde.

Por meio de nota, os Correios informaram que a greve é um direito do trabalhador, mas que neste momento serve apenas para "agravar mais ainda a situação delicada pela qual passam os correios". De acordo com o texto, a greve afeta não apenas a empresa como os próprios empregados. A nota também diz que o plano de saúde citado na reportagem foi discutido com as representações dos trabalhadores e após diversas tentativas de acordo sem sucesso segue para julgamento pelo tribunal superior do trabalho. A empresa aguarda uma decisão para tomar as medidas necessárias mas ressalta que já não consegue sustentar as condições do plano.

Veja na reportagem exibida no "Povo na TV", da TV Jornal Interior:

Mais Lidas