Envolvendo menores

Três casos de estupro são registrados no Sertão

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 06/04/2018 às 9:29
NOTÍCIA
Leitura:

Em todos os casos menores foram as vítimas.
Foto: reprodução/Internet

No Sertão de Pernambuco, três casos de estupros foram registrados nesta quinta-feira (05). Em todos as ocorrências menores foram vítimas.

O primeiro caso foi registrado em Afogados da Ingazeira. De acordo com a Polícia Militar, um idoso de 72 anos é suspeito de arrastar uma adolescente de 14 anos para dentro de uma construção onde cometeu o crime. Ainda segundo a PM, ao chegar ao local da ocorrência o policiamento ordenou que o idoso saísse do interior da casa quando de repente a menor saiu chorando e em seguida o homem.

A vítima relatou ao efetivo o que acontecido. A vítima relatou ainda que o suspeito deu uma quantia de R$ 10,00 para que ela não falasse nada para ninguém. Diante dos fatos o Conselho Tutelar foi acionado e a ocorrência encaminhada a delegacia local, onde o idoso foi autuado em flagrante delito.

O segundo caso ocorreu em Santa Terezinha, onde um homem de 57 anos é suspeito de estuprar uma menina de 11 anos. De acordo com a Polícia Militar, a mãe da menor e ex-esposa do suspeito, estaria acusando os dois de terem um caso amoroso. A vítima acompanhada de uma psicóloga e do Conselho Tutelar, foram até a delegacia local, onde a psicóloga conversou com a menor e a mesma relatou que o homem teria lhe apalpado e lhe dado dinheiro e logo após teria tido relação sexuais. Diante do ocorrido à ocorrência foi repassada para a delegacia local onde foram tomadas as medidas cabíveis.

O terceiro caso também ocorreu em Santa Terezinha. Desta vez, o suspeito é um homem de 35 anos. Segundo a Polícia Militar, o homem teria abusado de um adolescente de 16 anos. A mãe da vítima denunciou o crime a polícia que foi até a residência do suspeito onde o mesmo foi localizado e o Conselho Tutelar e uma psicóloga foram acionados.

A psicóloga informou que o menor contou como o crime aconteceu. A psicóloga relatou ainda que o menor tem problemas psicológicos e que ela, já faz o acompanhamento da vítima. A ocorrência foi repassada para a delegacia de Afogados da Ingazeira, onde o suspeito foi autuado em flagrante.

Mais Lidas