Água

Construção de adutora vai melhorar sistema de abastecimento em Gravatá

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 26/04/2018 às 8:07
NOTÍCIA
Leitura:

Melhoria será possível por meio da construção de nova adutora e duplicação da estação de tratamento de água.
Foto: divulgação/Compesa

Na próxima sexta-feira (27) já estará disponível o edital para a obra de Ampliação do Sistema Produtor Amaraji para Gravatá, no Agreste de Pernambuco. De acordo com a assessoria da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), o investimento para dobrar a oferta de água, beneficiará 140 mil pessoas, entre moradores e turistas que visitam a cidade o ano todo.

Ainda segundo a assessoria, para ampliar o Sistema Produtor Amaraji, a obra prevê a construção de uma via expressa, uma adutora com cerca de 20 quilômetros de extensão até a Estação de Tratamento de Água (ETA) de Gravatá. Essa nova adutora terá condições de transportar a vazão de 300 litros por segundo. A Barragem de Amaraji já era utilizada pela Compesa para atender Gravatá, por meio da Barragem de Vertente Doce, localizada em Chã Grande, que hoje é a principal fonte de abastecimento da cidade. A água servia para perenizar Vertente Doce nos períodos de verão e situações de seca extrema. Gravatá ainda conta com colaboração de outros mananciais, Brejinho e Cliper, que são barragens de nível.

Mais Lidas