Ex-vereador preso

Mãe é indiciada suspeita por ser conivente com abuso praticado contra filha de 11 anos, em Santa Terezinha

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 26/04/2018 às 8:29
NOTÍCIA
Leitura:

Um ex-vereador da cidade foi preso no dia 12 de abril suspeito de ter cometido o crime.
Foto: reprodução

A mãe de uma criança de 11 anos, com histórico de problemas mentais, foi indiciada suspeita por favorecer à exploração sexual de sua filha, nesta quarta-feira (25), em Santa Terezinha, no Sertão de Pernambuco. De acordo com a Polícia Civil, o crime foi cometido por um ex-vereador do município sertanejo, José Adone Batista de Brito, vulgo ´Quitinga`, preso pela polícia no último dia 12/04. A denúncia de abuso foi formalizada pelo Conselho Tutelar da cidade.

Ainda segundo a Polícia Civil, durante a investigação, o delegado Rodrigo Passos de Albuquerque, titular do inquérito, verificou que a mãe induzia a criança a pegar dinheiro e presentes com o abusador, inclusive facilitando o encontro de ambos. O estupro se consumou por diversas vezes, no consultório do homem.

A polícia informou ainda que, a pena por facilitar a exploração sexual de vulnerável vai de quatro a dez anos, pelo fato da mulher ser mãe da vítima, ela pode ter a pena aumentada em até metade do tempo.

Mais Lidas