Araripina

Polícia Federal apreende 40 kg de pasta base de cocaína no Sertão

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 04/06/2018 às 8:54
NOTÍCIA
Leitura:

Quarenta tabletes de pasta base de cocaína foram apreendidos
Foto: divulgação/Polícia Federal

A Polícia Federal apreendeu 41 quilos de pasta base de cocaína no último fim de semana no município de Araripina, no Sertão de Pernambuco. O operador de máquinas Marcílio de Souza Bezerra, 45 anos, foi preso durante a ação. Ele já tinha antecedentes criminais por tráfico de drogas e porte de arma de fogo de uso restrito.

De acordo com a Polícia Federal, a droga estava dentro de uma caminhonete batida, que estava sendo transportado por um caminhão. A ação foi realizada em parceria com policiais do 7º Batalhão da Polícia Militar (Ouricuri). Os policiais realizaram um bloqueio na rodovia e após várias abordagens, localizou o caminhão suspeito. A droga foi encontrada com o apoio de cães farejadores.

O veículo foi levado para a Delegacia da Polícia Federal em Salgueiro, onde o painel da caminhonete foi desmontado. Foram encontrados 40 tabletes de pasta base de cocaína, que totalizaram um peso bruto de 41,1 kg, além de 221 gramas de cocaína em pó. O suspeito foi autuado por tráfico interestadual de entorpecentes e caso seja condenado, poderá pegar penas que variam de cinco a 20 anos de reclusão.

Em interrogatório, Marcílio informou que pegou a droga em Cuiabá, no Mato Grosso, a pedido de um traficante e que iria entregá-la no município de Garanhuns, no Agreste de Pernambuco. Após a entrega, o suspeito receberia R$ 15 mil. O suspeito disse ainda que sofreu um acidente com o carro entre Barreiras e Formosa do Rio Preto, na Bahia. Por isto foi necessário contratar um caminhão para transportar o veículo.

Droga estava escondida dentro de caminhonete
Foto: divulgação/Polícia Federal

O caminhoneiro não sabia da existência da droga, por isto, foi ouvido e liberado. Marcílio de Souza passou por audiência de custódia, em que foi decretada a prisão preventiva dele. O suspeito foi levado para a Cadeia Pública de Cabrobó.

Mais de 1 milhão de pedras de crack

De acordo com a Polícia Federal, a intenção dos traficantes era transformar a pasta base em pedras de crack para serem distribuídas em postos de venda no Estado. Um quilo de pasta base dá para produzir cerca de 10 quilos de crack, e com cada quilo produz-se cerca de 3 mil pedras. Portanto, seriam mais de 1,2 milhão de pedras de crack.

Mais Lidas