Saúde

Simepe denuncia que falta água há duas semanas no Samu de Caruaru

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 18/06/2018 às 15:02
NOTÍCIA
Leitura:

Atendimento estaria sendo prejudicado no Samu por falta de água
Foto: reprodução/TV Jornal

O diretor do Sindicato dos Médicos de Pernambuco (Simepe), Paulo Maciel, denuncia que falta água há duas semanas no prédio onde funciona o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Caruaru, no Agreste. De acordo com ele, o atendimento está sendo prejudicado.

Veja na reportagem do "Povo na TV", da TV Jornal Interior:

 

Por meio de nota, a Secretaria de Saúde informou que em nenhum momento o serviço do Samu foi interrompido ou os funcionários prejudicados devido ao vazamento de água no prédio. Ainda de acordo com a pasta, o departamento de manutenção da secretaria tentou identificar o problema desde que foi notificado, sem sucesso.

O departamento acionou a Compesa para localizar o vazamento. Técnicos da companhia devem ir ao Samu nesta segunda-feira com um aparelho que diagnostica o local provável do vazamento para que a secretaria realize os reparos necessários. Enquanto o problema não é resolvido, o Samu está sendo abastecido por carro-pipa.

Mais Lidas