Crime

Fim de semana violento com cinco homicídios em Caruaru

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 02/07/2018 às 9:39
NOTÍCIA
Leitura:

Jovem foi assassinado no bairro do Salgado
Foto: reprodução/TV Jornal

O último fim de semana foi violento, com cinco homicídios registrados em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. Dois dos crimes aconteceram na última sexta-feira (29) e os outros três, nesse domingo (1º).

O primeiro caso foi na Rua Frutuoso Lorega, no Loteamento Encanto da Serra, no bairro Agamenon Magalhães. A vítima foi Sebastião Belmiro da Silva Filho, 53 anos. Ele era ex-presidiário e teria sido um dos alvos da operação Aveloz, desencadeada pela Polícia Civil contra um suposto grupo de extermínio.

De acordo com a Polícia Militar, os suspeitos teriam chegado encapuzados em um veículo e efetuado os disparos. Sebastião não resistiu aos ferimentos e faleceu. Os suspeitos fugiram em seguida.

O segundo caso aconteceu na Rua Jerônimo de Albuquerque, no bairro do Salgado, na sexta-feira. Cristiano José da Silva, 36 anos, estaria catando materiais recicláveis quando foi atingido por disparos de arma de fogo. A polícia ainda não tem informações sobre a autoria e a motivação do assassinato.

No domingo (1º), um homem ainda não identificado foi assassinado com três tiros. O corpo foi encontrado em uma estrada no Sítio Agreste de Pau Santo, zona rural da cidade.

O corpo de um homem foi encontrado pela manhã em um açude no Sítio Cipó. De acordo com a polícia, a vítima estava com um ferimento nas costas provocado por faca. Bruno Josildo da Silva, 19 anos, estava desaparecido desde a semana passada. A polícia investiga se ele sofreu violência sexual, já que estava despido.

No Sítio Cipó, corpo foi encontrado em açude
Foto: reprodução/TV Jornal

O último caso aconteceu na Rua Joaquim Seabra, no bairro do Salgado, durante a noite. De acordo com a Polícia Civil, um jovem ainda não identificado foi atingido por vários tiros. O suspeito não foi identificado.

Os corpos das vítimas foram levados para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru. Os casos serão investigados pela Delegacia de Homicídios de Caruaru. De janeiro até julho, foram registrados 94 homicídios na Capital do Agreste. Destes, três aconteceram no mês de julho.

Mais Lidas