Violência doméstica

Cabeleireiro é preso após cortar cabelo da companheira e fazê-la comer

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 09/07/2018 às 11:09
NOTÍCIA
Leitura:

Suspeito foi levado para a Delegacia de Plantão de Garanhuns
Foto: reprodução/Google Maps

Um cabeleireiro de 45 anos foi preso no fim de semana suspeito de violência doméstica no bairro Jardim Petrópolis, em Garanhuns, no Agreste de Pernambuco. De acordo com a Polícia Militar, ele teria agredido a companheira de 36 anos com chutes, socos e uma facada.

Além disto, o suspeito fez a mulher comer cabelo após cortá-los com uma faca. De acordo com a vítima, além das agressões, o companheiro a impediu de sair de casa até as 5h do dia seguinte.

Após conseguir sair da residência, a vítima foi até a casa da mãe e acionou a polícia. A mulher foi levada para o hospital local e não teve ferimentos graves. O cabeleireiro foi preso e levado para a Delegacia de Plantão, onde foi autuado em flagrante. O caso será investigado.

Mais Lidas