Irregularidades

PRF apreende ambulância transportando 200kg de colorau em Garanhuns

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 18/07/2018 às 11:32
NOTÍCIA
Leitura:

Carga do tempero seria entregue no Centro de Garanhusn
Foto: Divulgação/PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu nesta terça-feira (17), uma ambulância durante fiscalização de rotina na BR-424, em Garanhuns, no Agreste de Pernambuco.

De acordo com a PRF, durante a abordagem, os policiais constataram que a ambulância transportava uma carga de aproximadamente 200 kg do tempero. Além disso, outras irregularidades foram encontradas, como licenciamento atrasado, pneus lisos e equipamentos obrigatórios sem operar.

O motorista, um homem de 54 anos, informou que iria entregar a mercadoria no Centro de Garanhuns e que estava a serviço de um produtor rural da localidade.

Propriedade do veículo

Ainda segundo a PRF, sobre a propriedade do carro, o condutor disse que o veículo havia sido arrematado pelo patrão em um leilão, há alguns anos, mas a Prefeitura de São Bento do Una ainda não havia repassado o recibo de transferência. Nesse caso foi verificada irregularidades como o licenciamento atrasado e a não transferência do documento do veículo.

O motorista foi liberado e o veículo levado para o pátio da PRF, em Garanhuns. A ambulância era mais utilizado pela prefeitura. O caso foi encaminhado para o Ministério Público de Pernambuco, para investigação de improbidade administrativa.

Prefeitura de São Bento do Una emitiu nota

Por meio de nota, a Prefeitura de São Bento do Una esclareceu que a ambulância não pertencia ao município. A nota informa que de fato foi uma ambulância que pertenceu ao município, porém foi vendido após realização de leilão no dia 03 de setembro de 2013 no valor de R$ 8.500,00 como consta em um documento.

A assessoria da Prefeitura reforçou ainda que todos os veículos da frota do município estão regularizados e viajam exclusivamente para destinos e finalidades para as quais foram adquiridos. Com relação ao documento, a nota esclarece que a Prefeitura está apurando os fatos para que possa ser sanado o problema o quanto antes. Ainda segundo a nota, o atual proprietário estava ciente de todo o tramite legal, como consta na nota de arrematação.

Mais Lidas