Concurso

Gonzaga de Garanhuns é eleito Patrimônio Vivo de Pernambuco

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 03/08/2018 às 11:32
NOTÍCIA
Leitura:

Seu Gonzaga promove a cultura do Reisado há mais de 60 anos
Foto: divulgação/Prefeitura de Garanhuns

O mestre do Reisado Luiz Gonzaga de Lima, o Gonzaga de Garanhuns, está entre os vencedores do XIII Concurso do Registro do Patrimônio Vivo do Estado de Pernambuco, promovido pela Secretaria Estadual de Cultura e pela Fundação de Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe). Ao todo, são seis novos patrimônios vivos titulados no mês de agosto.

Seu Gonzaga promove a cultura do Reisado há mais de 60 anos, quando teve o primeiro contato com o folguedo na zona rural de Garanhuns. Além disto, ele é escritor e cordelista e atualmente tem mais de 350 títulos autorais, que já ultrapassaram fronteiras e estão expostos em outros países, como nos Estados Unidos (América), França (Europa) e Japão (Ásia).

Na próxima quarta-feira (8), Gonzaga de Garanhuns irá completar 75 anos de vida. Para ele, o título de Patrimônio Vivo é o reconhecimento de dezenas de anos dedicados ao reisado. "De início eu não acreditei, cheguei a chorar de emoção. Depois também cantei de tanta alegria", afirmou, por meio da assessoria de imprensa. A titulação será entregue no dia 17 de agosto, é comemorado o Dia Nacional do Patrimônio Histórico, durante a 11ª Semana do Patrimônio Cultural de Pernambuco.

Mais Lidas