Obra

Oferta de água na cidade de Bom Conselho será ampliada

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 16/08/2018 às 11:35
NOTÍCIA
Leitura:

Trabalhos foram iniciados nessa quarta-feira (15) e devem durar 90 dias
Foto: divulgação/Compesa

Uma obra deverá aumentar em 40% o volume da água que abastece a cidade de Bom Conselho, no Agreste de Pernambuco. A obra será realizada a partir de um convênio entre a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) e a empresa de produtos alimentícios Lactalis/Batavo. A obra vai receber um investimento de R$ 1,9 milhão, recursos do Governo do Estado, Compesa, prefeitura municipal e da Lactalis.

Estão previstos a implantação de sete quilômetros de adutora, entre um stand pipe (reservatório elevado que possibilita transportar água por gravidade) e o ponto de derivação para a Estação de Tratamento de Água (ETA) Bom Conselho. Deste total, cinco quilômetros serão assentados pela Lactalis e 2 mil metros de tubulações serão implantadas na área urbana da cidade pela prefeitura.

As bombas e outros equipamentos das unidades de bombeamento também serão substituídos por versões mais atualizadas. Mais de 40 mil pessoas serão impactadas com a obra, que tem um prazo de execução de 90 dias a partir do início, nessa quarta-feira (15). Para reforçar o abastecimento da cidade, será utilizada ainda a água da Barragem do Bálsamo, manancial que já é responsável pelo atendimento de 60% da cidade. A captação no Bálsamo também será aumentada.

Os serviços de escavações para implantação da nova adutora serão feitos na estrada que liga Bom Conselho aos distritos de Rainha Izabel, Mata Verde, Baixa Grande e ao Sítio Coruja para possibilitar a execução da obra. A Compesa informa que durante a obra pode haver paralisação no abastecimento para interligação e correção de possíveis rupturas na rede.

Mais Lidas